Hotéis em Maragogi, Brasil

  • Pesquise entre todos os hotéis online em Maragogi
  • Encontre um hotel barato em Maragogi!
  • Reserve por um ótimo preço!
Ordenar por
Processando
Mostrar mais hotéis
Hotéis em Maragogi

Maragogi, território de paisagens deslumbrantes

É difícil descrever em palavras a beleza estonteante de Maragogi, localizada a 125 quilômetros de Maceió. Mas basta olhar uma foto aérea de seu litoral para entender o motivo que a tornou um dos destinos mais procurados do Nordeste brasileiro. Na pequena vila de pescadores, a maré é responsável pela formação de piscinas naturais no mar, conhecidas pelos locais como galés. Essas áreas, de cenários deslumbrantes, ficam a poucos quilômetros da orla, podendo ser acessadas de barco. Contemplar a enorme variedade de peixes e corais coloridos é uma das principais atrações da região.

O centro: ar rústico e praticidade

Apesar de ser mais urbana do que as outras do município, a praia central de Maragogi ainda conserva um certo ar rústico, herança dos tempos em que era apenas uma pacata vila de pescadores de Alagoas. Ainda assim, ela conta com boa estrutura de lojas e restaurantes. A concentração de turistas é grande, todos atraídos pela areia branquinha e pelo mar calmo e morno. É daqui que sai a maior parte dos passeios para as piscinas naturais. É também nessa zona que se concentram a maioria dos restaurantes, bares, hotéis e pousadas de Maragogi. Há hospedagens para todos os orçamentos e perfis – alguns resorts operam em sistema “all inclusive” e já ganharam prêmios internacionais, configurando boas opções para famílias e casais.

Clima paradisíaco

Maragogi é o destino perfeito para quem busca a combinação sombra e água fresca. Suas praias refletem à perfeição os clichês que caracterizam o Nordeste brasileiro: areia branquíssima, mar cristalino e coqueiros emoldurando a paisagem. O difícil é escolher em qual das belas praias estender a canga, pedir uma água de coco e deixar o tempo correr sem pressa. O mais curioso é que, dependendo da maré, os cenários de um mesmo lugar se alteram consideravelmente. Na baixa, é possível caminhar por muitos e muitos metros mar adentro; na alta, as condições ficam perfeitas para banho. As praias mais tranquilas, entre as mais paradisíacas do estado de Alagoas, estão no sentido norte, em direção a Pernambuco. É o caso de Barra Grande, com boa estrutura de barracas, e de Ponta do Mangue, Burgalhau, Xaréu e Antunes. As duas últimas são mais selvagens e, consequentemente, quase desertas. Ao sul, no povoado de Japaratinga, a pedida é visitar a Praia do Boqueirão, com sua interessante formação de falésias. Um jeito divertido de conhecer várias praias em uma tacada só é contratando passeios de bugue – seu hotel pode ajudá-lo a encontrar o serviço de maior qualidade.

As incríveis galés

Maragogi tem o maior conjunto de piscinas naturais de Alagoas. E, apesar de as mais visitadas serem as da parte central, há opções mais vazias e igualmente ricas em fauna e corais, como Taocas, Barra Grande e Barreira de Peroba. No vilarejo de São Bento, vizinho à cidade, as piscinas podem ser acessadas de jangada, o que torna o programa ainda mais singular. Um fator essencial na hora de visitar as galés são as marés. O fenômeno ocorre na maré baixa, quando os recifes de corais represam a água. É neste momento que, com o auxílio de máscara e snorkel, é possível ver a colorida variedade de peixes e da vida marinha local. Em determinadas horas do dia, as formações são rasas e seguras até para as crianças. Para o melhor aproveitamento do passeio, o ideal é consultar a tábua de marés em sites especializados ou na própria recepção do hotel.

Gastronomia e artesanato

A culinária e o artesanato são dois dos aspectos mais interessantes da cultura local. Fazem parte da cozinha da região pescados e frutos do mar frescos, especialmente o camarão e a lagosta. O último ingrediente tem, inclusive, um festival próprio. As edições ocorrem sempre no mês de novembro, quando uma série de restaurantes elaboram pratos e petiscos com a iguaria, a preços acessíveis. Outro quitute típico é o bolinho de goma, encontrado com facilidade. Trata-se de um docinho em formato de concha, com consistência esfarelada, feito à base de mandioca e leite de coco. Para conhecer o mais original artesanato local, aventure-se pela trilha do Visgueiro. O passeio guiado percorre seis quilômetros em meio à Mara Atlântica, com paradas em riachos e cachoeiras, rumo a uma árvore que tem mais de 500 anos e 22 metros de altura. O percurso inclui uma visita à Associação Mulheres de Fibra, cooperativa de moradoras que produzem artefatos de decoração, carteiras e bolsas a partir de fibra de bananeira.

Preço máximo

de ‎R$84até ‎R$1.458